Intercâmbio em Londres - Como escolher a escola de inglês ?

agosto 04, 2017

Essa é uma das decisões mais importantes, se não a mais, de todo o nosso planejamento. Acredito piamente que a escola é responsável apenas por 20% do nosso rendimento, todos os outros 80%, meu amigo, é com a gente mexmo, mas vamos passar todos os nossos dias na escola, certo ? Então vamos escolher com dedicação.

Em qualquer lugarzinho desse mundo maravilhoso vamos ter pelo menos 3 categorias de escola
1. Econômicas: escolas com predominância em uma nacionalidade, com infraestrutura simples.
2. Médias: escolas com um pouco mais de mix de nacionalidade, com uma infraestrutura boa.
3. Premium: escolas "motherfucker", top de linha.

Para a minha necessidade (leia bolso) a categoria econômica se encaixava muito bem, obrigada ! 

Entrei em contato com cerca de 20 escolas Londrinas que ofereciam o curso de General English. Destas, selecionei 03 que me agradaram, seja pelo preço, relatos que pesquisei na internet e algumas indicações... são elas: Speak Up London, Princes College e The English Studio.


Eu elegi (com todo amor do mundo) a Speak Up London e foi a melhor decisão.


A Speak Up é uma escola de inglês pequena, acolhedora, linda e maravilhosa localizada no coração de Londres em uma rua super famosa pelo comércio agitadíssimo, chamada Oxford Street. Era tudo que eu procurava, uma escola pequena com foco total no aluno e na experiência, não somente aulas exaustivas.

A localização, o atendimento e o preço da Speak Up me conquistaram antes do embarque. Os professores, os alunos, a administração,  a proposta de ensino e as festas me conquistaram durante toda a duração do meu curso. Se eu indico a Speak Up ? COM CERTEZA !



Garota propaganda Speak Up London - nov de 2015 (arquivo pessoal)

Eu estudei por 2 meses no período diurno, e 1 mês no vespertino (troquei por opção minha), todos os meus professores eram britânicos e super animados. Além disto a Speak Up oferecia Speaking Class todos os dias  FOR FREE. Minhas salas de aula tinham em média 12 alunos, sendo que apenas 4 (no máximo) eram brasileiros. A nacionalidade predominante em 2015 era Italiana. Para vocês terem noção do charme, eu tenho o diretor da escola no meu facebook, tamanho acolhimento que eles dão aos alunos.

Atualmente tenho planos de voltar a estudar em Londres e a Speak Up, que mora no meu coração, é a minha primeira opção, sem sombra de dúvidas (SPEAK UP ME PATROCINAAAAA <3).

You Might Also Like

0 comentários

Like us on Instagram